31 de dez de 2010

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!

Oi coração!!!!! Feliz aniversário!!!!!
Posto um pouquinho adiantada porque passarei o dia na cozinha e a meia noite tentarei o Bike Tour para nós...
Todo ano novo marca uma data importante: Confraternização e início de um novo dia de recomeço para todos nós!
No fundo, todos sabemos que nem tudo são rosas, mas não custa nada esperar pelo melhor e enfrentar os dias e meses vindouros de coração aberto e otimista pelo que nos espera.
Dia 1 de janeiro é um dia muito especial há 28 anos porque você nasceu e, certamente, estava predestinado pra mim.
Sei que fica um pouquinho melancólico a cada aniversário, mas quem não fica, não é! Ficar mais velho é complicado quando você não percebe as coisas acontecendo, a vida mudando... Há alguns anos atrás faziamos planos nesse dia, ano passado você tentou me convencer a procuramos uma casa para juntarmos nossos livros e sonhos  e daqui dois anos estaremos nelas, nem que seja faxinando  o pó de gesso impregnado no piso. Daí sonharemos nossos armários embutidos e nossas estantes de brinquedos.
Quando estou com você, sempre que saio na rua é como se estivesse fugindo de casa, porque tenho certeza que um dia você vai me levar e não vai mais devolver. Logo, logo, assim que todos os nossos caminhos do mundo estiverem devidamente abertos...
Ultimamente eu vivo parafraseando Quintana e, como o bom velhinho escreveu:  "o pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada a ver com isso", continuaremos resolvendo nossas pendências um com o outro do nosso jeito, sem interferências e opiniões. Só brigaremos mesmo no dia de escolhermos o nome de nossa filha e a cor do piso da sala, mas espero tê-lo convencido até lá...
Seja muito feliz, alma do meu coração, e continue teimoso como bom capricorniano que é, porque uma hora conseguirá tudo o que sonha e se esforça para alcançar.
Para não perder a meada do Quintana, dedico um poema a você que é pura poesia em minha vida.

Canção do dia de sempre

Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...
Viver tão somente de momentos
Como estas nuvens no céu...
E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...
E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.
Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
                            (Mário Quintana)

30 de dez de 2010

ADEUS ANO VELHO E GASTO!!!!



"Para sempre é muito tempo. O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo..." (Mário Quintana)


Os Estatutos do Homem
(Acto Institucional Permanente)
                                Thiago de Melo (1964)


Artigo I
Fica decretado que agora vale a verdade. Agora vale a vida e, de mãos dadas, marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II
Fica decretado que todos os dias da semana, inclusive as terças-feiras mais cinzentas, têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

Artigo III
Fica decretado que, a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas, que os girassóis terão direito a abrir-se dentro da sombra; e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro, abertas para o verde onde cresce a esperança.

Artigo IV
Fica decretado que o homem não precisará nunca mais duvidar do homem. Que o homem confiará no homem como a palmeira confia no vento, como o vento confia no ar, como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:
O homem, confiará no homem como um menino confia em outro menino.

Artigo V
Fica decretado que os homens estão livres do jugo da mentira. Nunca mais será preciso usar a couraça do silêncio nem a armadura de palavras. O homem se sentará à mesa com seu olhar limpo porque a verdade passará a ser servida antes da sobremesa.

Artigo VI
Fica estabelecida, durante dez séculos, a prática sonhada pelo profeta Isaías, e o lobo e o cordeiro pastarão juntos e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido o reinado permanente da justiça e da claridade, e a alegria será uma bandeira generosa para sempre desfraldada na alma do povo.

Artigo VIII
Fica decretado que a maior dor sempre foi e será sempre não poder dar-se amor a quem se ama e saber que é a água que dá à planta o milagre da flor.

Artigo IX
Fica permitido que o pão de cada dia tenha no homem o sinal de seu suor. Mas que sobretudo tenha sempre o quente sabor da ternura.

Artigo X
Fica permitido a qualquer pessoa, qualquer hora da vida, uso do traje branco.

Artigo XI
Fica decretado, por definição, que o homem é um animal que ama e que por isso é belo, muito mais belo que a estrela da manhã.

Artigo XII
Decreta-se que nada será obrigado nem proibido, tudo será permitido, inclusive brincar com os rinocerontes e caminhar pelas tardes com uma imensa begônia na lapela. Parágrafo único: Só uma coisa fica proibida: amar sem amor.

Artigo XIII
Fica decretado que o dinheiro não poderá nunca mais comprar o sol das manhãs vindouras. Expulso do grande baú do medo, o dinheiro se transformará em uma espada fraternal para defender o direito de cantar e a festa do dia que chegou.

Artigo Final
Fica proibido o uso da palavra liberdade, a qual será suprimida dos dicionários e do pântano enganoso das bocas. A partir deste instante a liberdade será algo vivo e transparente como um fogo ou um rio, e a sua morada será sempre o coração do homem.

DESEJO BOAS MUDANÇAS NAS VIDAS DE TODOS!!!